Pesquisar neste blog

quinta-feira, 2 de junho de 2011

10 O perigo das novas formas de educação


     

      A personalidade e o caráter de uma pessoa são desenvolvidos ao longo de sua vida. Desde criança, se faz necessária a presença de figuras essenciais para educar e orientar esse indivíduo. Geralmente, esses pilares são a família e a escola. Entretanto, atualmente, outros fatores também assumem esse papel de maneira perigosa.
     O advento da tecnologia, por exemplo, propicia aos jovens uma independência precoce. A internet é uma ferramenta poderosa que leva todo tipo de informação às pessoas. Se por um lado isso é vantajoso, por outro pode se tronar prejudicial, se acessado no momento errado.
     Uma criança que tem contato prematuramente com o sexo no mundo digital ainda não possui uma mentalidade acerca de todas as implicações desse ato.
     Do mesmo modo, a violência presente em jogos eletrônicos e na televisão não é compreendida por seres tão novos e ingênuos. Isso pode ser interpretado como algo corriqueiro. Assim, nada os impede de se transformarem em adultos violentos.
     Portanto, cabe, primeiramente, aos pais estabelecerem o controle do acesso a tais conteúdos. Pois nada substitui a família como o elemento formador da boa índole. 

Angelus.

10 comentários:

  1. É verdade Angelus. Saber administrar as diversas formas de tecnologias, é o maior desafio.
    Eu ainda acredito e prezo por uma família tradiconal e por uma educação baseada em regras.

    super beijo

    ResponderExcluir
  2. Acho que precisamos mudar... acredito que a tecnologia é um mal pra todos, se não souber usar.

    ResponderExcluir
  3. Ainda sim não vi o perigo das novas formas de educação, pois, quem pretende se utilizar dessa linguagem para educar, não a faz com outras intenções.
    É outro assunto o fazer para lazer!

    ResponderExcluir
  4. Mais do que isso: os pais precisam definitivamente ser responsáveis pela educação dos seus filhos. Hoje as coisas estão muito largadas, pais acham que as escolas são responsáveis por aquilo que, moralmente, é dever deles. Enfim... e necessário muita mudança!

    ResponderExcluir
  5. Oh...foi você quem escreveu isto tudo?D+
    vou promover seu blogger no meu posso?

    ResponderExcluir
  6. Ler esse texto foi extremamente bom para mim, preciso confessar.
    Concordo inteiramente, mas não é sempre que vejo falarem disso nos dias atuais... Parece q falar nos valores da família e em educação e em índole, atualmente, virou quase q um dogma religioso que os jovens alternativos e pseudointelectuais desprezam...
    Desculpe o desabafo... rs! Mas o texto me levou a pensar questões recentes... :)

    http://ocotidianodecadadia.blogspot.com/

    Até.

    ResponderExcluir
  7. Ô meu querido, vim agradecer os elogios e comentário no meu blog. Obrigada mesmo. Saiba que fico imensamente feliz por de certa forma, um texto meu ajudá-lo seja no que for. Espero que os meus singelos textos possam sempre fazer bem a ti. Obrigada mais uma vez, e parabéns pelo seu Blog. Estou te seguindo, Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Muito obrigada pelos elogios no meu Blog, querido!
    Espero sempre poder ajudá-lo de certa forma com meus singelos textos.

    Tudo de melhor sempre pra você, parabéns pelo seu Blog também, e estou te seguindo!

    ResponderExcluir
  9. Oie!
    To seguindo teu blog tá?(:
    gosteei muittooo dele ein! o/
    Seguee tbm? ^^

    :**

    ResponderExcluir
  10. Administrar o acesso as novas tecnologias é um caminho importante e interessante para assegurar uma boa educação aos jovens, mas ao mesmo é um tarefa das mais complicadas se formos pensar que nesse mundo em que vivemos é tudo tão conectado, acessível e disponível de tantas formas. Como administrar isso então diante da curiosidade insaciável da juventude e da influência de certas companhias?

    Na minha opinião, um bom diálogo sobre o que sendo visto ou acessado é melhor pois possibilita ao jovem desenvolver mais uma consciência critica e, portanto, menos alienada.

    Acho que viajei um pouco na maionese nesse comentário, mas é que achei muito interessante este post. É um assunto que dá pra pano pra manga, também, rs.

    ResponderExcluir

Seja muito bem vindo! Sua opinião pessoal sobre o post é muito importante.