Pesquisar neste blog

quarta-feira, 13 de julho de 2011

19 Qual é o seu Propósito?

      Assim que comecei com este blog, minha ideia era escrever apenas textos autorais, sem fazer resenhas de livros ou sinopses de filmes. Porém, ultimamente venho me questionando muito a respeito de Propósito. E eis que surge este livro: Quatro Vidas de Um Cachorro.
     Não quero me alongar em detalhes, muito menos impor uma leitura. Mas gostaria de dividir esse livro com vocês, mais como uma sugestão e até mesmo um desabafo. Não sou uma pessoa que chora com facilidade e esse livro conseguiu trazer-me lágrimas aos olhos.
     Bem resumidamente, é a história de um cão, contada pelo próprio, que vive quatro vezes até cumprir seu verdadeiro Propósito. Mas eu ressalto que é uma ficção! Divertida e emocionante. Em nenhum momento o livro se coloca como sendo de auto-ajuda.
     No decorrer da trama, conforme renasce como um novo cão, ele vai adquirindo experiências ao longo da vida que o ajudam a concluir, finalmente, sua meta.
     Através de uma história de renascimento além da compreensão humana, do ponto de vista inocente de um cachorro, tal qual uma criança ingênua, a mensagem que este livro nos passa é de uma simplicidade surpreendente:

     Tudo na vida tem uma razão de ser, tem um Propósito.

     Eu já vinha pensando nessa questão há um tempo: qual meu Propósito? Minha meta? Meu objetivo? Essas perguntas sempre me deixam inseguro, mas hoje, ao terminar esta leitura, estou um pouco mais otimista.
     Mesmo que neste momento não saibamos, todos nós temos um Propósito.
     Um dos personagens do livro cita John Lennon, que disse que “a vida é algo que acontece quando você está fazendo outros planos”.
     A forma como conduzimos nossa vida é o que nos permite encontrar e cumprir nosso Propósito.
     Nos perguntamos muitas vezes por que as coisas acontecem de determinada forma, com mudanças que não compreendemos. Entretanto, acredito que essa sucessão de fatos é o que nos conduz pelo caminho para descobrirmos nosso objetivo.
     O mais importante disso tudo é seguir em frente por esse caminho carregando consigo o sentimento essencial para se dedicar a algo: Amor.
     Foi o amor incondicional que o cachorro sentia por seu dono e o amor deste pelo cão que culminaram no cumprimento do Propósito de ambos.
     Depois que entendemos isso, não quer dizer que o nosso Propósito aparecerá como um passe de mágica na nossa frente. Só que entender o que lhe motiva já é um passo e tanto.
     Então, nosso Propósito é alcançado simplesmente vivendo-se a vida. Absorvendo tudo que podemos tirar dela. Acumulando experiência. Amadurecendo. E principalmente, dedicando-se à nossa empreitada com Amor.

Angelus.



19 comentários:

  1. É tão difícil falar de Propósito. É difícil parar para pensar no real caminho que queremos seguir. Acho que isso a gente constrói no decorrer da vida e dos dias, conforme as nossas escolhas. O livro parece mesmo muito interessante, é uma belíssima dica.
    Ótimo dia!

    ResponderExcluir
  2. Gostei do seu blog e estou seguindo, se poder retribuir ficarei feliz :)

    http://blogtatudodominado.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Pois é meu caro Angelus, foi lendo um livro, tb, que descobri que a faculdade que pretendia nao era a correta. Por isso mudei de curso. hehehe, ha tempo de nao me matricular na 1ª \o/. Mas a verdade é que realmente temos que fazer aquilo que nos faz feliz, que nos preenche, e achar qual é o nosso motivo pra viver! bj

    ResponderExcluir
  4. Fiquei curioso pra ler. Já li Marley e eu e confessso que chorei muito, srsrsr!

    ResponderExcluir
  5. Acho que o Lenon disse tem a ver com viver simplesmente, da melhor forma possível, não acho que se trate de encontrar "o propósito". Não acredito que a vida tenha um propósito o qual tenhamos que descobrir, como se estivesse pronto, dado de antemão como um destino traçado. Essa forma de poder transcendental não me convence muito. Acho que a vida surge do mais remoto cotidiano e devemos inventar sentidos pra vida. Bom, é só o que penso...

    http://www.costabbade.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Com certeza vou procurar para ler, nunca ouvi falar mas adoro esse tipo de historia
    bjbj anjo
    http://viceveersa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. vou procurar para ler...acho que vai ser divertido ler algo Assim....sua pagina ta ficando legal, continua blogando sempre !

    abraço

    ResponderExcluir
  8. Angelinhus, ainda pouco cheguei do Barrashopping, e nas Lojas Americanas de lá tem desse livro, estava descendo as escadas quando vi a capa do livro e me lembrei de ti. Bjuuus

    Ah, entao, tb, fica a dica aos leitores, nas Lojas Americanas tem!

    ResponderExcluir
  9. Angelus, gostei muito da forma simples e ao mesmo tempo interessante que você postou este texto que é um misto de dica com desabafo. Sobre o assunto do livro, acho interessante a escolha de um animal como esse para se falar de propósito. Acredito que muitas pessoas vão se envolver com as histórias justamente por essa relação que existe entre o homem e o cachorro, sabe, esse lealdade e amizade tão grandes que se formam entre eles.
    Na minha opinião, tudo nessa vida tem algum motivo, nada é exatamente por acaso como aparece pela primeira impressão. E tudo, de um certo modo, colabora para que cheguemos ali naquele momento quando buscamos nossos proposito. E ai, chega o momento onde você para e pensa: ``Será que é isso mesmo que eu quero``?

    ResponderExcluir
  10. ficarei pensando por este propósito!

    ResponderExcluir
  11. Propósito: aquilo que se pretende realizar ou alcançar. O ser-humano vive por isso, e exclusivamente disso, pois que anda a deriva se perde pelo caminho e tropeça nas próprias pernas. Esse propósito na vida equivale ao nosso alimento espiritual, sentimental, profissional, social e etc, nada se encaixa se não houver um objetivo, uma linha a seguir.
    Contudo é fato o que Bruno, a cima, acredita, a vida não se constrói de propósitos, mas sim o contrário, a vida nos permiti criar propósitos para que nossas vidas não sejam sem graça!

    :)

    Boa dica de livro, já o tinha visto antes, mas confesso que tento não comprá-lo e lê-lo, pois sempre choro com os livros que envolvem animais (sou fraca), mas um dia lerei!

    ResponderExcluir
  12. nossa eu vi esse livro na saraiva, eu quero.. bm quero o do gatinho entre os livros. XD

    ResponderExcluir
  13. Eu achei bem interessante, apensar de relutar um pouco nas leituras que envolvem animais, principalmente quando são indicados por pessoas que dizem :"Não sou uma pessoa que chora com facilidade e esse livro conseguiu trazer-me lágrimas aos olhos."

    Porque eu me acabo!! Justamente por envolver um sentimento tão puro e verdadeiro!

    Essa questão do próposito é que me deixou curiosa, bem original e apesar de concordar com a Wanda "Acho que isso a gente constrói no decorrer da vida e dos dias, conforme as nossas escolhas", acho interessante essas leituras! Abraço

    ResponderExcluir
  14. Gostei!
    Boa dica

    http://angelmartinss.blogspot.com/
    http://lovesongone.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Primeiro parabéns por utilizar o espaço do seu blog para incentivar a leitura. E pelo que falou, o livro me pareceu bem interessante!

    Abraçao

    http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Gosteiii,parabéns pelo blog,se poder seguir o meu agradeço!

    http://bybiiaa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. só de olhar a capa com esse cachorro na frente já dá vontade de ler!
    parabéns pelo blog.
    http://apaixonadasporcosmeticos.blogspot.com
    beijos

    ResponderExcluir
  18. com certeza vou ler :D
    gostei mto do seu blog também, voltarei sempre por aqui, rs :)

    ResponderExcluir

Seja muito bem vindo! Sua opinião pessoal sobre o post é muito importante.