Pesquisar neste blog

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

9 Nova participação no debate "4 por 4"




Mais uma vez fui convidado pela blogueira Emíliana, do As Histórias de Emília, para participar do debate 4 por 4. Desta vez o assunto foi a situação do trânsito no país. Pedi licença para publicar o texto também aqui, mas peço aos meus amigos e leitores que prestigiem o debate completo. Lá, encontrarão informações que complementam, e muito, minha exposição.
 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

     
     Poluição sonora. Poluição do ar. Filas quilométricas de carros. Falta de respeito. Violência. Esses são apenas alguns dos atributos do trânsito nas grandes cidades do país e parece que a situação não vai mudar tão cedo.

     Não vai mudar porque as pessoas não vão abrir mão da comodidade do seu carro para se espremerem dentro de um ônibus lotado e mal conservado. Fale-se muito nisso: o uso do transporte coletivo para diminuir o número de carros; uso de bicicletas para não poluir o ar... Seria uma ótima solução se não fosse inviável no momento.
     O transporte coletivo está caindo aos pedaços e não há ciclovias o bastante. E o tal dia mundial sem carro é uma piada de mau gosto. Então como acabar com o caos do trânsito?
     Para esse problema, parece que parte da resposta já está clara. Basta fornecer um transporte coletivo digno e ciclovias seguras. Basta que se empenhem para isso. Mas tem outro ponto mais complicado de solucionar, que é a conscientização dos motoristas.
     É incrível como uma pessoa se transforma ao se sentar atrás de um volante. É quase uma batalha para ultrapassar os outros e ver quem chega mais rápido ou quem pega aquela vaga primeiro. 

     Distinção entre homens e mulheres no volante não importa muito, ao meu modo de ver. O pior motorista é aquele que se acha melhor que os outros. E é justamente este que faz as maiores “cagadas”, com o perdão da palavra.
     Sendo assim, o trânsito tem chances de se tornar menos perigoso. Mas vai levar tempo e dinheiro para isso acontecer. Muitas leis ainda precisam ser revistas e muita gente ainda vai quebrar a cara (infelizmente).

confira o debate completo em:

Angelus.

9 comentários:

  1. Adorei tua participação,e muito obrigada por tua boa vontade em me ajudar num momento de aperto.
    São poucos os que fazem isso.
    Minha admiração por vc aumentou.
    Bom fds,bjka

    ResponderExcluir
  2. Gostei do seu Blog, tow iniciando e preciso aprender muito ainda!!
    Tow seguindo, retribui?!
    Parabéns!!
    http://penseoamanha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. com certeza, mas temos um problema aqui, prefeituras na maioria das vezes, governo querem desviar o dinheiro e acaba nao investindo, eu aqui em minha cidade mesmo com sinal vermelho olho sempre pq nao confio em certos motoristas, eu dirigo numa boa e nao vejo problema, dou preferencia as pessoas,respeito sinais, as vezes ate vou a pe pra cidade pra caminha um pouco

    otimo abordagem de tema e blog


    visita la depois
    http://www.freewords.com.br

    ResponderExcluir
  4. Por um lado se tem as facilidades do crédito e o incentivo ao consumo e renovação de automóveis. A questão de poder atravessada pela propaganda desenfreada. E por outro lado, o governo que quer confirmar isso, fazer aumentar o consumo. Logo, o investimento em transporte coletivo não deve ser grande. A falta de educação é um problema, mas com uma fiscalização mais efetiva se melhora um pouco. Gostei do post, é um bom assunto para debate.

    http://costabbade.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Fiquei muito feliz em participar do 4X4 e ler opiniões como a sua contribuindo na formação mais importante do ser humano: O senso critico.

    Obrigado por passar lá no meu blog! Gostei muito!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Curti o seu blog!! Já estou te seguindo :D
    http://seriesbooksmovies.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Meus caros amigos, transito é algo complexo. Alias, uma vez eu quis utilizar do metro para ir à minha universidade e simplesmente nao consgui entrar! Eu chorei na hora, de raiva, de desespero e principalmente, por me sentir desrespeitada!

    Ótimo texto meninos!

    bjin

    ResponderExcluir
  8. É lamentável ver como as pessoas arriscam suas próprias vidas e a de outros pelo simples 'prazer' de chegar na frente. Infelizmente não dispomos de transportes seguros, o que é um desrespeito com cada cidadão que precisa passar horas em meio ao trânsito no deslocamento de casa para o trabalho, ou para pegar as crianças no colégio. Investir na qualidade de vida humana nunca é demais, atentar para as leis também não.
    Ótimo texto Angelus.
    Com carinho,
    Wanda.

    ResponderExcluir
  9. Olha como eu não fico passeando pra lá e para cá de carro ou de ônibus, então não tenho muito problema com transito, mas o que vejo na tv a coisa é bem complicada mesmo!

    ResponderExcluir

Seja muito bem vindo! Sua opinião pessoal sobre o post é muito importante.