Pesquisar neste blog

sábado, 29 de outubro de 2011

15 O Vasculhador de Almas




Eu sei.
Não me perguntes como.
Simplesmente... eu sei.

Cada palavra tua
Cada pensamento
O esboço dos teus sentimentos
Os suspiros em forma de vírgula...

Eu sei.

Mas não me temas.
Eu te compreendo.
Mesmo que não aceite às vezes,
Compreendo

E isto já basta.

Angelus.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

6 Particpação no debate "4 por 4"



      Fiquei surpreso e também muito feliz ao ser convidado pela blogueira Emíliana, do blog As histórias de Emília, para participar de uma discussão muito pertinente, principalmente para nós blogueiros: a liberdade de expressão. 
      A vocês, amigos, peço que prestigiem essa forma muito interessante de se debater o assunto em:



Desde já, obrigado.
Angelus.


quinta-feira, 13 de outubro de 2011

16 Figuras Oníricas



Ontem tive um sonho metafórico:
Sonhei que era um espelho de suas vontades;

Ontem tive um sonho metalinguístico:
Sonhei que estava sonhando, para acordar e continuar vivendo a ilusão;

Ontem tive um sonho sinestésico:
Cheirava-lhe o toque e saboreava suas palavras sussurradas no escuro;

Ontem tive um sonho hiperbólico:
Um minuto a seu lado eram séculos de prazer;

Ontem tive um sonho antitésico:
Realidade e fantasia misturavam-se nas cores do inconsciente;

Ontem tive um sonho paradoxal:
Ouvia o silêncio de sua companhia ausente;

Ontem tive um sonho eufemístico:
Dizia querer-te bem só para não te dizer que te amo;

Ontem tive um sonho irônico:
Você dizia que me amava...

Angelus.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

20 (..............................................................................)

     


    

      Escrevo.
      Apenas para preencher estas linhas.
      Mas escrevo.
      Porém ao fazer isso, penso em quem as estará lendo.
      Certamente, este alguém vira à procura de algo significante.
      Algo que lhe cause risos, empatia, interesse ou uma emoção qualquer.
      Contudo, minhas palavras frias não trazem nenhum consolo.

      Trazem algo melhor. Inovador.
      Ou seria pior? Transgressor?
 
      Elas trazem apenas o vazio.





      De que serve toda a filosofia de botequim?
      Deixe aqui todos os seus desejos. Suas emoções.
      Seus medos. Sofrimentos.
      O melhor que posso oferecer é isto.








      Vazio.









      Deposite nele o que não lhe serve mais.
      Aquele entulho na sua estante.
      Encha-o com o desnecessário, com o vago.
      Encha-o. Nem que seja com mais vazio.
      Por mais que ele não dê uma resposta...








      Ao menos estará ouvindo.


Angelus.