Pesquisar neste blog

terça-feira, 3 de julho de 2012

18 Vilão



Quem vingará os Vingadores?
Quem vigiará os Vigilantes?
Quem irá protegê-lo de si mesmo?

O poder corrompe
A fraqueza frustra
Uma pequena demonstração de humanidade
E condenam-no

Cansou de sorrisos e gentilezas
A indiferença adjacente dominou-o
O coração gelou
Tornou-se um deles

Viveu por muito tempo
E vê-se agora transformado em vilão
O lado negro da força parece tão sedutor...

E agora?
Quem poderá o defender?


*referências: The Avengers, Watchmen,  The Dark Kinight, Star Wars, Chapolin

Angelus. 


18 comentários:

  1. Quem poderá com tanta beleza versificada?
    Eu não posso!

    Aplaudo e muito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, meu anjo. Se consegui te deixar sem palavras é porque impressionei mesmo, rsrs.
      Beijinhos.

      Excluir
  2. Esse é um post muito legal, além de criativo e muito interessante. Gostei MUITO das referências tão bem utilizadas e acho que as principais não poderiam ser outras senão Watchmen e The Dark Kinight, dois dos melhores filmes-adaptações de quadrinhos que já assisti (só que ficam atrás de Vingadores, rssrs) até hoje. No Cavaleiro das Trevas tem até essa reflexão sobre quanto tempo um herói pode viver sem correr o risco de ser tornar um vilão. Parece que o poder é tão atrativo que sem algo que nos mantenha equilibrados diante dele acabamos sucumbindo as tentações de testar os próprios limites. Sem uma bussola moral ou lembrete fixo da importância de utilizar o poder com responsabilidade, a possibilidade de se tornar vilão é maior. Por isso que, pra mim, o melhor herói de todos é o Homem-Aranha justamente por ter aprendido que `´Grandes poderes trazem grandes responsabilidades``.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Marcus, o Aranha foi o que melhor aprendeu essa lição. Mesmo depois, num momento de fraqueza com o Venon, ele teve forças para perceber em que o poder o estava transformando.
      Os dons que temos têm de ser usados com sabedoria e responsabilidade.

      Excluir
  3. Boa noite, Angelus.
    Acho que, por melhores intenções que se possa ter, quem possui poder em demasia (no caso de seres humanos) acaba por se corromper, e aí não há mais volta.
    Até a próxima, Angelus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sinceramente não entendo o que há no poder que é capaz de mudar até mesmo o caráter de uma pessoa, Jacques. E não quero descobrir, pra falar a verdade. É um caminho pelo qual não quero me arriscar.

      Excluir
  4. Meu ídolo nunca são os heróis....e sim os vilões. Na arte, e somente nela, o charme esta em ser cruel, insano e maluco.

    kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho isso. Há uma certa elegância na vilania fictícia. Nesse mundo das artes podemos nos permitir isso sem prejudicar as pessoas de fato.

      Abraço.

      Excluir
  5. Olá!Boa tarde!
    quando temos o poder, pensamos até que podemos ter a soberba de achar que podemos brincar à beira do precipício ,nós não nos amedrontamos e fingimos que nada é maior do que nós...No filme The Dark Knight, Batman pronunciou que ou se morre como herói ou vive-se o bastante para se tornar o vilão...
    Boa quarta feira!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, Felisberto
      Essa é uma das falas que marcam esse filme do Batman. Até onde vai os limites de quem detém certo poder? Até que ponto usá-los? Como usá-los?
      Muitas vezes o pior inimigo somos nós mesmos.

      Boa quarta pra ti também.
      Abraço.

      Excluir
  6. Quem poderá o defender? E quem disse que ele está no caminho errado? Ideais tem vários lados XD
    Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Mateus, isso é relativo. Mas o caminho errado é aquele que faz mal à própria pessoa que o está seguindo e também às outras próximas. Com ideais também é assim.
      Pode ser que não percebamos o dano e nem tenhamos ninguém para nos alertar nessa jornada.

      Valeu pela visita. Abraço.

      Excluir
  7. Oi Angelus
    Nossa até quando vc fala do bem que se torna maldade, vc fala magnificamente bem kkkkkk, entendeu? Enfim, eu adoro quando escreve. Sua amiga Wanderly foi ao meu blog, ela é uma gracinha,literalmente kkkkkk. Obrigada por indicar meu blog, já iria fazer isso, porque eu costumo colocar todos os blogs que eu gosto, mas agora vou fazê-lo mais rápido kkkkkkkk, gentileza gera gentileza.
    Bjão querido. Fique com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luciana,
      Faço questão de deixar aqui os blogs que gosto e frequento. E é muito melhor do que aquela lista gigantesca do blogger, rsrs. Te agradeço por fazer o mesmo com o VPC e por todo o carinho de sempre.

      Ah, sim, concordo com você, a Wanderly é uma graça mesmo, um amor de menina, hehe.

      Beijão, Luciana. Fica com Deus e boa semana.

      Excluir
    2. Ah, vocês que são uma gracinha hihi *-*
      Obrigada pelo carinho de ambos!
      Um beijinho bem grandão (com o perdão da contradição) rs.

      <3

      Excluir
  8. Primeira visita ao blog,gostei muito da forma como você expressou a "frustração" com o bem, e a relativa facilidade que pessoas tem de "mudar de lado".. e agora, quem o defenderá de si mesmo? O que será daqui para frente.....?

    Voltarei mais vezes!

    ResponderExcluir
  9. Oi Mari,
    Quem bom que você gostou do blog, fico feliz com isso.
    Sempre que quiser voltar, será muito bem vinda.

    Tenha uma boa sexta. Beijo.

    ResponderExcluir
  10. Olá!Boa noite!
    Amigo Angelus ...
    eu só achei este post antes da Blogagem,e já comentei acima...se eu estiver errado, tu me avisa?
    Boa semana!
    Obrigado pela visita!
    Abraços

    ResponderExcluir

Seja muito bem vindo! Sua opinião pessoal sobre o post é muito importante.