Pesquisar neste blog

terça-feira, 11 de setembro de 2012

13 Aqui Dentro





Por que eu gosto?
Difícil explicar
É um carinho
Uma vontade de proteger
Mesmo que ela saiba se virar

Um único riso provocado
Já vale um dia inteiro
A companhia mesmo que silenciosa
O toque suave
O olhar esmeralda

Muito fácil de gostá-la
Trabalhoso de demonstrá-lo
Protegida na armadura da amizade
Segue sozinha
Firme e independente

É isso que mais lhe admiro
É isso que mais me assusta
Quero estar ao seu lado
Protegê-la
Mas será que ela precisa de mim?

Jeito de menina mas
É uma mulher feita
Só posso lhe oferecer meu amor
Só posso esperar que seja o bastante
Imagino um futuro a nossa espera
Caminho sempre querendo ser melhor
Ainda mais que ontem e menos que amanhã

Isto é o que tenho a dizer
Isto é o que tenho a oferecer
As palavras faltam e se embolam
Falo demais e digo de menos
Resumindo tudo em três palavras:

Eu te amo.

Angelus.

13 comentários:

  1. não é meu estilo mas achei tocante e bem escrito!
    http://mardeletras2010.blogspot.com.br/2012/09/cronica-de-uma-educacao-mal-anunciada.html

    ResponderExcluir
  2. Olá, Angelus.
    Belo poema; e em se tratando de amor, por mais que falemos e expliquemos, nossos gestos sempre falarão mais do que nós.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Ei Angelus, bem apaixonado. Conseguiu expressar todo o amor que sente em seus versos.
    "Um único sorriso provocado/ já vale um dia inteiro", e não é que é verdade? A gente fica bobo quando gosta de alguém.
    Provavelmente não precisa de proteção, mas a escolha de deixá-lo acompanhar já te faz um herói.
    Muito bom, parabéns! xD
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  4. Muito bom e expressivo.. é assim mesmo quando amamos. Queremos proteger, cuidar, mesmo que a pessoa já o faça muito bem sozinha. E como escreveu o Jacques, as palavras, por mais que tentemos, não são suficientes para expressar o amor.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Oi Angelus,

    Tudo bem? Falar de amor é tão complexo que descrevo como uma ida a marte de ônibus passando para tomar uma água de coco em Saturno, ou seja, difícil de explicar, como você inciou.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Acima de tudo, acho que pra se falar de amor é preciso coragem. É um sentimento tão rico, lindo, poderoso e especial que foge da possibilidade de ser descrito apenas com palavras, mesmo essas sendo tão bonitas e bem reunidas em versos. Envolve outras questões também, mas não é algo exato e fácil de ser explicado racionalmente. Amar é uma ciência humana. É a mãe de muitos sentimentos como por exemplo a motivação que, por sua vez, leva a coragem que no meio do caminho pegou carona com a inspiração resultando numa poesia tão bonita e sincera como essa.

    ResponderExcluir
  7. Olá Angelus,
    O amor está no ar! Ficou de fato muito legal, e adorei a passagem quando diz "Quero estar ao seu lado mas será que ela precisa de mim?". Creio que muitos poetas das mais remotas épocas até hoje fizeram um questionamento semelhante. Talvez o medo de não ser correspondido. Adorei.

    Abraços, Flávio.
    --> Blog Telinha Critica <--

    ResponderExcluir
  8. Oi Angelus
    Muito legal o poema. Confesso que quando comecei a ler, pensei que estava falando da gatinha kkkkkkkk, por causa da foto, é que eu sou meio lerda mesmo, os textos da Lú Sta Rita, eu quase nunca entendo kkkkkk. Depois que vi que vc estava falando do amor. O amor é algo quase inexplicável, é mais que sentimento, é atitude.
    Bjão meu amigo. Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  9. Oiee Angelus, boa tarde!

    Ahh, eu gostei!

    Poemas de amor, podem ser ditos com palavras simples, dificeis, sonoras ou não, muitas ou poucas palavras, mas sendo de amor, faz bem pra quem escreve e pra quem lê, principalmente.

    O teu "Aqui Dentro", escrito de forma tão apaixonado, que deu até vontade que ele tivesse uma dedicatória, que infelizmente não vi...Não importa. O ser amado, saberá ! rss

    Bjos da Lu...

    ResponderExcluir
  10. Que lindo vê-lo escrevendo essas coisas. Quando a alma está cheia de qualquer sentimento, tudo que nos rodeia fica assim. Sua alma parece que está cheia de amor! Lindo isso, sério. A destinatária dessas palavras deve ser uma menina de muita sorte. (espero que não seja um equivoca meu) HAHAHA

    Beijão, Sabrina. (www.spiderwebs.com.br) ♥

    ResponderExcluir
  11. Profundo amigo, e de uma grande sensibilidade, as vezes queremos ser mais, fazer mais, oferecer mais, mas existem pessoas que de tão especiais que são, nosso máximo sempre nos parece pouco.

    Abraços meu amigo, senti sua falta na blogosfera,entendo sua situação, por vezes também já estive nessa correria, hoje ainda me sobra um tempinho para o blogue, mas vida de blogueiro é assim meso, o importante é não desistir.

    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Olá!Bom dia!
    Angelus!
    ..no amor o óbvio é a verdade mais difícil de enxergar...e quando se fala "te amo" só não enxerga quem não quer...
    Ah..sim!Estou, também, numa correria desenfreada...mas vc faz falta à blogosfera...que bom que retornou!
    Bom domingo!
    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Angelus,
    tudo bem?
    Lindo e sensível seu poema!

    "Um único riso provocado
    Já vale um dia inteiro"
    esta parte esta maravilhosa, pois assim creio que é o amor, os detalhes que enfeitam e fazem sobreviver o todo.

    Beijos e ótima semana!

    ResponderExcluir

Seja muito bem vindo! Sua opinião pessoal sobre o post é muito importante.