Pesquisar neste blog

segunda-feira, 8 de abril de 2013

5 Um Enigma, um Olhar e um Reflexo...




Um humilde árabe, sentado a uma pedra no meio da estrada para Bagdá, olha para o céu. De repente, levanta-se e exclama um número grandioso. Um viajante curioso aproxima-se e pergunta o que foi aquilo. Calmamente, o homem responde que era o número de folhas de uma árvore...
Assim foi o primeiro encontro de Beremiz Samir, o Homem que Calculava, com seu mais novo e fiel amigo. Com seu talento nato para a Matemática, Beremiz resolve problemas aparentemente impossíveis, usando seu raciocínio. 
Mesmo não sendo seu desejo, ele conquista prestígio entre a sociedade enquanto nos apresenta o maravilhoso mundo dos números. Incluindo os quadrados mágicos, com seus significados ocultos e a Teoria dos Quatro 4, capaz de representar de diferentes modos todos os números, trabalhando apenas com este único algarismo 4 vezes.
Esta é a história contida em "O Homem que Calculava", do autor Malba Tahan.

E o quadro acima, minha tentativa de expressar a poesia dos números...
Angelus.


5 comentários:

  1. Muito interessante o quadro, mais os números me deixa um pouco tonta é muito números. Angelus gostaria de convidar você para responder uma pesquisa lá no blog, essa pesquisa é para a construção do Mídia Kit do blog, são apenas 5 perguntas rápidas, se quiser responder clica no link abaixo, fique com Deus beijos.
    http://lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/2013/04/pesquisa-com-os-leitores.html#comment-form

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucimar, já respondi a pesquisa. E gostei muito da cara nova do blog, ficou muito bonito!
      Fica com Deus. Beijo.

      Excluir
  2. Oi Angelus
    Tenho curiosidade de ler esse livro, seu texto aguçou ainda mais minha curiosidade.
    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro está entre os melhores que já li Luciana. Realmente vale muito a pena. Espero que goste.
      Beijo!

      Excluir
  3. Olá, Angelus.
    Li este excelente livro pouco tempo atrás e ele é realmente excelente, o protagonista resolve problemas aparentemente dificílimos e aparentemente sem resolução usando apenas o raciocínio e a lógica.
    Abraço.

    ResponderExcluir

Seja muito bem vindo! Sua opinião pessoal sobre o post é muito importante.