Pesquisar neste blog

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

3 Metamorfoseando

imagem retirada da internet


A procura está encerrada
Eis que surge a verdadeira dona
Detentora destes versos desconexos

A linha tênue do afeto foi ultrapassada
O que era belo transformou-se
Agora é Infinito

Musa verdadeira
Pura de alma
De olhos mutantes

Mesmos olhos que outro dia julguei brilhar
Um fulgor rápido
Porém repetido várias vezes na lembrança

Estes versos são uma pretensão e um risco
Humildes e ousados
Mas acima de tudo transformadores

Com igual efeito
Para ambos
Assim espero

Que teus lindos olhos os vejam
Os aceitem
E transmutem o teu coração

Um sentimento real
Em palavras torna-se vago
Indescritível

Tu és anjo, fada, ou o que for
Exerce mágica sobre mim
És enfim,


A minha inspiração.

Mozer.

3 comentários:

  1. Mozer,
    estou seguindo de novo e quero te agradecer muitíssimo por ter seguido meu blog também! Não vou comentar necessariamente, tá bom? A gripe ainda está me tirando a concentração... aff! E para dizer qualquer coisa... então...
    Vou colocar teu blog no meu blogroll.
    Beijos e ótimos dias!

    ResponderExcluir
  2. Olá!Boa noite
    Mozer
    ...sim, versos transformadores...que aconteceu quando a redoma de vidro foi quebrada e só a partir disso é que o encontro se tornou possível.pois,é preciso imaginar a Terra Prometida e querer ir para lá e o primeiro passo é sonhar. E assim, a inspiração voa e brinca, Incendiando o espaço à volta, Flores e perfumes se misturam,E as pétalas delicadas,Guardam os segredos, Dos idílios bem-aventurados.
    Agradecido
    Bela semana
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Olá, Mozer.
    Bela inspiração; no momento em que nos apaixonamos, tudo à nossa volta adquire uma nova razão de ser e de existir, e dessa mudança nos tornamos melhores do que jamais poderíamos imaginar sermos.
    Abraço e obrigado pela visita, Mozer..

    ResponderExcluir

Seja muito bem vindo! Sua opinião pessoal sobre o post é muito importante.