Pesquisar neste blog

terça-feira, 26 de novembro de 2013

1 Doutor Eu *

imagem retirada da internet


Na busca por uma estrela
Viajei pelo céu
E acabei me deparando com um anjo

O curso foi alterado
Os mesmos olhos agora enxergam diferente
A mesma estrela teve o brilho enfraquecido

A pessoa que eu era ontem
Não é a mesma de hoje
Regenerei-me

Adaptei-me às adversidades
Tornei-me aliado do Tempo
Esse senhor de si mesmo

Todo recomeço descende do fim
Todo depois depende do antes
Todo futuro necessita do passado

A linha temporal que os conecta
Que os torna iguais, mesmo sendo diferentes
É um pequeno momento infinito:

A essência do ser


*poema livremente inspirado na série britânica Doctor Who.

Mozer.


Um comentário:

  1. O tempo é realmente uma entidade poderosa se a gente for parar pra pensar nele como responsável pela construção do ser já que, de certo modo, nossas vivências do passado são determinantes para a formação de quem somos atualmente. Os erros e as lições nos amadurecem do mesmo modo que as mágoas e as decepções. Podemos até dizer que somos feitos de momentos. Somos a junção de momentos do passado, melhor dizendo. O que não nos mata, fortalece e dessa força crescemos como pessoas. Temos nosso ``eu`` moldado pelas cicatrizes de batalhas que apenas são resquícios de outros tempo, o que não nos impede de seguir em frente. Escrever uma nova história e ter uma segunda chance mesmo que nem sempre a lembrança esteja clara na memória. As vezes ela se perde e a ausência nos dá a possibilidade de recomeçar, de viver a vida sob um novo olhar. Pensando bem, é isso que torna a vida interessante, a oportunidade de sempre seguir em frente e enfrentar o desconhecido.

    ResponderExcluir

Seja muito bem vindo! Sua opinião pessoal sobre o post é muito importante.